ic-BENCH (Internet Construction Benchmarks)


ORIGEM DO PROJETO

Em 2005 a Faculdade de Engenharia da Universidade do porto (FEUP) propôs ao extinto IMOPPI (antecessor do InCI e do IMPIC), e à AdI - Agência de Inovação um projeto de I&D designado "IDP - Indicadores de Desempenho e Produtividade", cujo objetivo consistia em estabelecer um conjunto de indicadores destinados ao diagnóstico e avaliação das diversas empresas do universo da Construção Civil - Construtores, Consultores e Comerciantes/Fabricantes de Materiais de Construção.

Este projeto desenrolou-se até ao início de 2007, tendo como um dos seus resultados a primeira versão da plataforma icBench, a qual foi testada por um grupo de 32 empresas dos três subsectores referidos. Na ocasião do encerramento formal do projeto, tanto o regulador de mercado como as principais associações empresariais e empresas participantes na fase de teste, foram unânimes em reconhecer a importância desta iniciativa e dos reflexos positivos que poderia ter na atividade da construção.

O contexto nacional que se começou a desenhar a partir de 2008, em especial no que se refere ao mercado da construção, dificultou a evolução do projeto conforme inicialmente previsto. Mas esse compasso de espera permitiu refletir mais maduramente sobre o perfil das empresas que operam neste sector, em particular construtoras, e encontrar um modelo melhor adaptado às grandes diferenças existentes no que se refere a dimensão, nível organizacional e mercado potencial.


CONTEXTO GERAL

Iniciativas e estudos semelhantes ao que estiveram subjacentes ao projeto que deu origem ao icBench estão ou estiveram em curso em diversos países, como o Construction Industry Institute (CII) Benchmarking and Metrics Programme - EUA (http://www.construction-institute.org), o Sistema de Indicadores para Benchmarking na Construção Civil - Brasil (http://noriegec.cpgec.ufrgs.br/norie) e o Sistema Nacional de Benchmarking para el Sector Construcción - Corporation de Desarrolo Tecnológico - Chile.

No entanto, a sua principal inspiração foi o programa britânico criado em 1999, no seguimento da publicação do Relatório "Rethinking Construction", de análise da indústria da construção britânica. Este programa, liderado pelo organismo oficial CONSTRUCTING EXCELLENCE (www.constructingexcellence.org.uk), publica anualmente os KPI - Key Performance Indicators. Estes indicadores refletem o desempenho desta indústria, tanto em termos globais como de alguns dos seus subsectores mais representativos.

Tal como o icBench, o Constructing Excellence criou uma plataforma web de recolha da informação para o desenvolvimento das análises de benchmarking (http://www.kpizone.com); no entanto, os resultados fornecidos por esta última provêm unicamente da informação introduzida pelas empresas que decidam aderir, pelo que possuem uma representatividade relativamente restrita em relação ao universo das empresas da indústria da construção britânica.

Procurando potenciar o facto de o InCI/IMPIC ser depositário de informação - essencialmente económica - que todas as empresas construtoras submetem anualmente nos seus processos de pedido/renovação/requalificação de alvará, a plataforma icBench produz um conjunto de análises baseadas em indicadores que utilizam estes dados e que, deste modo, retratam e realizam o diagnóstico de TODA a indústria construtora.

Esta análise, sectorizada por classes de alvará, faz parte de um relatório individualizado que será enviado anualmente para todas as empresas cujo registo InCI/IMPIC inclua o seu endereço de correio eletrónico. Nesse boletim são apresentadas as curvas de benchmarking relativas a seis indicadores económicos principais e indicado o resultado que a empresa em causa obteve, com base nos dados submetidos ao InCI.

É um processo totalmente automático, que não exige qualquer esforço suplementar por parte das empresas e inteiramente confidencial, pois o resultado de cada empresa apenas consta do relatório que esta recebe, sendo as curvas de benchmarking totalmente anónimas. Cada empresa saberá o seu resultado em comparação com os seus concorrentes, mas não consegue identificar a posição de nenhum destes.


Link útil: para obter mais informação sobre o projeto consulte o portal do ICBENCH em http://www.icbench.net/home


13/11/2015